10.1.13

os relógios gps...


olá amigos corredores... 
esta pergunta me surgiu durante meu treino de hoje, era pra eu fazer 10km, e resolvi treinar pista de atletismo.

Adquiri um sonho de consumo na minha última viagem à China, um Nike+ Sportwatch GPS Powered by TomTom e por US$ 150,00, ou seja praticamente a metade do preço que é vendido por aqui no Brasil. Não tenho nada a reclamar do relógio, uma vez q pra quem treina, sabe o quanto cansa treinar só em pista de atletismo, e muitas vezes o q mais dá vontade, é sair por aí e encarar o asfalto, ou as estradas... E com essa excelente aquisição, fico seguro de que tenho um relógio q faz a marcação de quilometragem pra mim... Com GPS integrado, o Sportwatch tem navegação intuitiva e disponibiliza em tempo real dados como tempo de atividade, distância, ritmo e calorias queimadas, sendo que a disposição destas informações pode ser personalizada. A fivela esconde um conector USB, que você usa para fazer o upload dos seus dados para o extremamente bonito Nike Plus, que tem uma interface animal e intuitiva. Há até um novo recurso que mostra mapas de calor das rotas na sua região, mostrando onde o povo costuma correr.


 No entanto, reparei que ele não é tão exato assim. Já que corri numa pista de atletismo oficial, onde cada volta tem 400m, o relógio não foi muito exato, chegando a dar diferenças de 50 a 100m. Esse teste comprovou pra mim o que já tinha lido em outros sites e blogs... exemplo: amigos com GPS da mesma marca e modelo, ou diferentes modelos e marcas. Já houve diferenças de 200 m, 300 m entre dois ou mais relógios. Se fosse preciso, não daria igual? Saímos do mesmo ponto, estávamos lado a lado… Percorremos os mesmos caminhos… Em partes, há pequenas diferenças entre cada corredor, em desvios, mas nada que chegue a 200 ou 300 m. Numa prova, fazemos ultrapassagens, não acertamos todas as tangências, desviamos para pegar água… não traçamos um percurso “limpo” e preciso. Se nós, amadores (nem a elite acredito que seja) não somos 100% precisos no percurso, como o GPS será? Isso mesmo que a tecnologia não tivesse margem de erro (e tem). Resumindo, mesmo acertando todas as tangências e correndo pela marcação exata da prova, o GPS não dará a medida exata. Sem falar outras interferências, como campo magnético (mais raros), túneis, árvores…
Mas... isso não me desanima, e ainda estou feliz com essa ótima aquisição... mesmo que não seja 100% exato, ele tem sido minha companhia nos treinos que faço pelas ruas e estradas... ele me dá uma estimativa do quanto eu corro, e isso é melhor do que nada... Gostei muito do aparelho, prático e fácil de utilizar e comparando com as outras opções existentes no mercado, uma ótima opção custo X beneficio, além da interatividade com a internet, permite participar da maior comunidade de corredores do Mundo e compartilhar o seu treino com os seus amigos.

 fonte:
contrarelogio
infoabril
gizmodo
webrun